imagem Todo para sempre e agora

A partir de explorações sobre o Tempo, "Todo para sempre é agora" visa construir uma viagem dramatúrgica entre personagens prisioneiros de uma mesma realidade, que restringidos pela falta de condições, de esperanças e de sonhos, procuram uma forma de a mudar.

"No dicionário Michaelis, a palavra Tempo tem vinte e uma definições. Ainda assim, será que o conseguimos entender na totalidade? "Uma época", "Um lapso de tempo futuro ou passado" são duas das definições. Mas será que sabemos qual é o tempo certo para agir? Para parar? Quando é que já passou o nosso tempo?" - Ricardo Ambrózio

 

Sobre o autor

Ricardo Ambrózio, de nacionalidade luso/brasileira, cresceu no Rio de Janeiro. Interessa-se desde cedo pela cultura brasileira, incluindo a cultura popular. Aos seis anos de idade inicia-se com o ritmo e movimento, com aulas de capoeira, e aos treze anos integra um grupo de dança de rua, participando em competições durante três anos. Aos dezasseis anos conhece Flávia Tápias, bailarina, professora e coreógrafa brasileira que o convida e incentiva a estudar e a trabalhar como seu assistente, partilhando consigo as aulas e materiais de pesquisa. Desta forma assume o cargo de pesquisador residente no Centro de Documentação e Pesquisa de Dança do Rio de Janeiro (CDPD-RJ). Trabalha como produtor em festivais de dança e frequenta durante dois anos a Faculdade Angel Vianna. Vem para Lisboa com vinte anos, onde frequenta a Escola Superior de Dança. Em Portugal trabalha com a Companhia de Dança de Almada (2007-10), onde destaca o trabalho com Filipa Francisco, Rita Galo e Ana Macara; com a Companhia Instável (Hélder Seabra); e inicia-se como coreógrafo e professor, criando e desenvolvendo um estilo próprio, no qual mistura todas as influências de Dança recebidas. Numa procura constante de pesquisa coreográfica, muda-se para Amsterdão e Bruxelas, onde trabalha com Bruno Caverna, Gerard Mosterd, Dogwolf (companhia de Chris de Feyter), Willy Dorner e Wim Vandekeybus. Trabalhou nos últimos quatro anos na companhia de Wim Vandekeybus. Atualmente dirige o seu próprio projeto "Untamed Productions" iniciado em 2013.

 

Ficha artística

Coreografia e figurinos: Ricardo Ambrózio

Música original: Martina Griewank

Desenho de luz: Cláudia Rodrigues

Sonoplastia: José Pacheco

Interpretação: Beatriz Rousseau, Bruno Duarte, Daniela Andana, Joana Puntel, Luís Malaquias, Mariana Romão, Miguel Santos e Nuno Gomes

Assistente de coreógrafo e ensaiadora: Maria João Lopes

 

Circulação

Centro Cultural da Malaposta, Odivelas, 18 de outubro de 2014.

Teatro Municipal Joaquim Benite, Almada, 3 de outubro de 2014 (estreia)

 

Fotos:

estreia TODO PARA SEMPRE E AGORA 500x500

 

Vídeo:

 

70' | M12

FaLang translation system by Faboba

Contactos

 

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

Ed. Academia Almadense

2800-163 Almada

Tel: +351 212 583 175,

Fax: +351 212 500 524

E-mail: geral@cdanca-almada.pt

Escola - Almada

 

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 112800-163 Almada

Tel +351 212 500 145

E-mail: escola@cdanca-almada.pt

Seg. a Sex., 16:00 às 20:00

Financiamento

3CMA cor_horizontal copy