La Ligne_de_Vie_foto_1_creditos_Pedro_Soares

50' | M12

 

Partindo do trabalho de René Magritte, é representado em cena parte do universo artístico deste pintor, cujas obras marcaram um período importante na história da arte.

Cinco intérpretes desenvolvem uma narrativa com uma linguagem Magrittiana, personagens presentes em várias obras do artista, que tanto se tornam personagens da pintura, como representam personagens reais - o próprio casal Magritte (René e Georgette) - havendo assim um misto de real e fictício.

No universo de Magritte, a imagem propõe à visão um “enigma ambíguo”, que é resolvido pelo espírito. Os objetos, aqui, apelam às recordações, à memória, à imaginação, procurando representar imagens que sejam reconhecidas. O mistério aparece nas associações que são previamente pensadas - o que num primeiro instante pode não ser visível para o observador (aqui reside o “mistério”) - para depois serem descobertas.

 

Sobre a autora

Carla Jordão é licenciada em Dança, no ramo de Espectáculo, pela Escola Superior de Dança. A sua experiência profissional está ligada à Dança e ao Teatro como intérprete (em companhias e projectos), e à criação coreográfica. Tem participado em várias performances em Portugal, Espanha, França, Grécia, Polónia, Áustria e Alemanha. É actualmente bailarina da Companhia de Danca de Almada, na qual trabalhou com diversos coreógrafos como Benvindo Fonseca, Clara Andermatt, , Guillermo Horta Bettencourt , Jean Paul Bucchieri, Marie Coquil, Rui Pinto. Foi bailarina da Kamu Suna Ballet Company, com a direcção de César Moniz Trabalhou com a Inestética Companhia Teatral, na peca “O 3º Homem” Em Berlin, participou em 2 peças coreograficas do coreógrafo Chaim Gebber No verão de 2008, trabalhou em Colónia e Viena, na peca “7XK”, de Mario Mattiazzo, uma coreografia para o Festival Sommerblut Recentemente esteve envolvida num projecto com a coreógrafa e dramaturga Célestine Hennerman, em Düsseldorf e Frankfurt. Adicionalmente coreografou a peça “Who said that God is a man?”, criação em Zurique (Tanzhaus Wasserwerk) e em Düsseldorf (Tanzhaus NRW), mais recentemente a peça “Duas faces e Uma parede”, uma co-criação com a bailarina Lucinda Saragga.

 

Ficha Artística

Coreografia: Carla Jordão

Música: Michael Galasso, John Zorn

Desenho de luz: Cláudia Rodrigues

Figurinos e cenário: Carla Jordão

Interpretação (elenco original): Débora Queiróz, Lucinda Saragga, Luciano Fialho, Nuno Gomes, Sofia Silva

Circulação

Teatr Tańca Zawirowania, Varsóvia - Polónia, 27 de junho de 2014

Cine-Teatro São Pedro, Alcanena, 30 de abril de 2014

Auditório Municipal Eunice Muñoz, Oeiras, 26 de abril de 2014

Museu do Oriente - Auditório, Lisboa, 29 de março de 2014

Cine-teatro de Alcobaça João D'Oliva Monteiro, Alcobaça, 8 de março de 2014

Cine Teatro S. Pedro, Abrantes, 24 de janeiro de 2014

Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, Moita, 20 de setembro de 2013

Teatro Sá da Bandeira, Santarém, 18 de maio de 2013

Cine-Teatro Sobral de Monte Agraço, 20 de abril de 2013

Cinema-Teatro Joaquim d'Almeida, Montijo, 13 de abril de 2013

Festival ProART, Praga, República Checa, 20 de julho de 2012

Festival Insoliti / Museo Regionale di Scienze Naturali, Turin, Italia, 8 de dezembro de 2011

 

Para entrar em contacto com a produção da Companhia clique Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Fotos

La Ligne de Vie foto 1 © Pedro Soares lv

 

Video

 

FaLang translation system by Faboba

Contactos

 

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

Ed. Academia Almadense

2800-163 Almada

Tel: +351 212 583 175,

Fax: +351 212 500 524

E-mail: geral@cdanca-almada.pt

Escola - Almada

 

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 112800-163 Almada

Tel +351 212 500 145

E-mail: escola@cdanca-almada.pt

Seg. a Sex., 16:00 às 20:00

Financiamento

3CMA cor_horizontal copy