Agenda

18 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 1
18 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 1
18 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 1
25 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 2
25 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 2
25 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 2
25 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 2
25 Jul. 2022;
12:00AM
Curso de Verão 2022 | semana 2
25 Ago. 2022;
05:00PM -
"SubRosa" (versão curta)
26 Ago. 2022;
04:00PM -
"SubRosa" (versão curta)

Newsletter

Eu concordo com a Política de privacidade

Partillha

Facebook TwitterGoogle BookmarksLinkedin

Rodrigo Teixeira CaDA 2022

“Paisagem”
Criação de Rodrigo Teixeira

 

Na continuação do apoio dado ao coreógrafo Rodrigo Teixeira em 2021, e após os excelentes resultados apresentados em edições anteriores da Quinzena de Dança de Almada nomeadamente com o espetáculo “Longue Marche” em 2021, em 2022 a Ca.DA tem previsto apoio ao seu novo projeto de criação intitulado “Paisagem”, que cruza dança e imagem em movimento. Este trabalho será desenvolvido em colaboração com o artista visual João Cristóvão Leitão.

Rodrigo Teixeira é licenciado em dança pela Escola Superior de Dança (2014-2017). Começou a sua formação, em 2012, na escola Asas de Palco em Guimarães, e foi bolseiro do curso FOR – Dance Theatre da coreógrafa Olga Roriz (2018-2020). Enquanto criador e diretor artístico da PURGA.c apresentou “Queda Infinita” (2018-2019), uma co-produção da Casa das Artes de Felgueiras , “Voyage, Voyage” (2020), projeto financiado pela Câmara Municipal de Lisboa, “Longue Marche”, projeto financiado pela Direção Geral das Artes e Fundação GDA. Em conjunto com a criadora Maria Inês e a Companhia Espaço Neutro cocriou os espetáculos “Rampa”, “Bubble” e “Divines”, uma trilogia apresentada em Sintra, Lisboa e Guimarães e ainda em colaboração com Maria Inês foi convidado a coreografar a peça de abertura do Festival Guimarães NocNoc, no ano de 2017. Em 2020 foi um dos artistas convidados pelo coletivo SillySeason a integrar a curadoria All Tomorrow’s Parties que teve lugar na Rua das Gaivotas 6 e de onde resultou o solo “Rolero”, objeto artístico ligado às questões de memória, reconstrução e legado. Ao longo dos seus trabalhos tem tentado equilibrar as linguagens da dança e do teatro, propondo em cada obra um equilíbrio entre as duas áreas. Esse mesmo equilíbrio provém de uma pesquisa intensa com todos os artistas que colaboram nas suas criações, dando aos figurinos, à música, às luzes e ao cenário o mesmo grau de importância que ao movimento. Como intérprete destaca os trabalhos “Queda Infinita”, “Num Vale do Aqui” de Daniel Matos, “Other Another” de Amélia Bentes, “La Plaza” dos El Conde de Torrefiel, “Um Fio de Ar” de Amélia Bentes, “Antes que Matem os Elefantes” de Olga Roriz, “Vasto” de Amélia Bentes e “Habita-me”, de Maria Inês, trabalhos apresentados nacional e internacionalmente. Colabora frequentemente com companhias de Teatro nas funções de assistência e apoio ao movimento/coreografia para espetáculos de teatrais.

 

João Cristóvão Leitão é licenciado em Teatro - Dramaturgia pela Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC), mestre em Arte Multimédia - Audiovisuais pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa (Prémio de Mérito Académico FBAUL/CGD) e pós-graduado em Curadoria de Arte pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Atualmente, é doutorando bolseiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia na FBAUL, investigando questões relacionadas com as práticas de cinema expandido e os universos literário e filosófico de Jorges Luis Borges. Em paralelo, obtém formação com Guillaume de Oliveira (2013), do colectivo Oskar & Gaspar. Enquanto criador, funda o colectivo performativo 3.14 (2010-2012) e colabora, desde 2012, com o colectivo SillySeason. Desenvolve projetos instalativos e de vídeo arte, os quais foram exibidos a nível internacional (Áustria, Brasil, Coreia do Sul, Espanha, França, Inglaterra, Irlanda, Itália, Peru, Portugal e Sérvia) e premiados (Menção Especial VIDEOFORMES– 3è festival international d’arts numériques; Prémio do Público – FUSO: Anual de Vídeo Arte Internacional de Lisboa; Prémio do Júri/Aquisição FUSO – Fundação EDP; Prémio Jovem Realizador – Fundação INATEL; Grande Prémio LOOPS.LISBOA/TDI/Museu Nacional de Arte Contemporânea). Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian – Centro de Arte Moderna (2015 e 2017), da Direcção-Geral das Artes (2017 e 2018) e do Centro Nacional de Cultura (2020), sendo representado pela plataforma Heure Exquise: Centre International pour les Arts Vidéo. Colabora com: Rabbit Hole (2014), Magma Collective (2014), Marta Ribeiro/VIDEOLOTION (2015-2017), Elmano Sancho (2015), Ana Jezabel e António Torres (2017), Daniel Gorjão/Teatro do Vão (2017), João Pedro Fonseca (2017), Rodrigo Pereira (2018) e Diego Bagagal (2020). É professor assistente convidado de Interpretação IV (oficina: Media) da licenciatura em Teatro (Actores) da ESTC (2014-215), orientador de um workshop sobre live-image (FBAUL, 2016), professor da disciplina de Gestão das Artes na Escola Artística António Arroio (2016-2018) e, desde 2019, professor assistente convidado de Técnicas de Palco I (seminário: Vídeo em Contextos Performativos) da licenciatura em Teatro (Produção) da ESTC.

Contactos

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

2800-163 Almada, Portugal

Tel: +351 212 583 175

E-mail: geral(@)cdanca-almada.pt

Ca.DA Escola

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

2800-163 Almada, Portugal

Tel: +351 212 500 145

E-mail: escola(@)cdanca-almada.pt

Seg. a Sex., 16:00 às 20:00

Quinzena de Dança de Almada International Dance Festival

E-mail: quinzena(@)cdanca-almada.pt

Financiamento

REPUBLICA PORTUGUESA CULTURA branco

dgartes horizontal PB cinza fundos escuros