Agenda

03 Nov. 2021;
06:00PM - 07:00PM
Encontro de Plataformas e Festivais Internacionais de Dança
12 Nov. 2021;
12:00AM
“Spring Awakening” (estreia)
12 Nov. 2021;
12:00AM
“Spring Awakening” (estreia)
14 Nov. 2021;
12:00AM
“Giselle” + “Pássaro Azul | Bela Adormecida"
26 Nov. 2021;
07:00PM -
"Dançar a Vida" (estreia)
04 Dez. 2021;
04:00PM -
"O fio da Macaquinha"
07 Dez. 2021;
10:30AM -
"O fio da Macaquinha"
09 Dez. 2021;
10:30AM -
"O fio da Macaquinha"
10 Dez. 2021;
10:30AM -
"O fio da Macaquinha"
18 Dez. 2021;
08:00PM -
"Inverno"

Newsletter

Eu concordo com a Política de privacidade

Partillha

Facebook TwitterGoogle BookmarksLinkedin

 

Foto Bruno_Duarte

Bruno Duarte

É mestre em Ensino em Dança e licenciado em Dança, pela Escola Superior de Dança (ESD) de Lisboa. Em 2011 foi aluno ERASMUS na ArtEZ Dance Academy, na Holanda, onde concluiu o programa "Minor Dancer". Interpretou peças de Jorge Andrade, Amélia Bentes e Madalena Victorino na ESD, e nas companhias Grupo Experimental de Dança (GED) (2011/2) e Quórum Ballet (2013). Foi bailarino na Staccato – Companhia de Dança Contemporânea (2004/11) e Companhia de Dança de Almada (2013). Foi co-criador das peças "Metamorfose" para a Culturgest (2011/2), "P48" (video-dança), apresentada na 20ª Quinzena de Dança de Almada (2012) e "5" (video-dança) apresentada nos festivais Caldas Late Night (Portugal), L'art difficile de filmer la danse (Bélgica) e InShadow (Portugal), tendo aqui sido este trabalho destacado com o prémio de melhor vídeo-dança em concurso - escolha do público. Foi ainda coreógrafo da peça "someone else ago", para o programa BOXNOVA do Centro Cultural de Belém (2013). Participou em workshops e seminários de Mikael Fau e Pauline Journé (França), João da Silva (Brasil), Siri Dybwik (Noruega) e Jack Gallagher (EUA), entre outros. Entre 2004 e 2012, foi professor de dança contemporânea e ritmos urbanos em Annarella – Academia de Ballet e Dança, Medimorisa – Health Academy e na Associação de Solidariedade do Académico de Leiria.
   
Beatriz Lourenco

Beatriz Lourenço

É mestranda em Estudos e Gestão da Cultura, no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, e licenciada em Dança (2021), pela Escola Superior de Dança (ESD), de Lisboa. Em 2012 iniciou a formação artística em Dança na Ca.DA Escola, da Companhia de Dança de Almada, onde frequentou o Curso Vocacional até 2018. Frequentou o Curso de Artes Visuais na Escola Artística e Secundária António Arroio (Lisboa) e na Escola Secundária Anselmo de Andrade (Almada). No percurso em Dança, destaca os seguintes professores: Bruno Duarte, Maria Franco, Carla Albuquerque, Gonçalo Lobato, Rita Judas, Maria José Bernardino, Sylvia Rijmer, Rita Vilhena, Amélia Bentes, Maria Ramos e João Fernandes. Como intérprete, destaca o trabalho desenvolvido com Joana Borges em “Dust” (2021); com João Fernandes em “O Cansaço dos Seres” (2020); com Maria José Bernardino em “Óptima” (2019), em “Regresso” (2018) e em “O Muro” (2017); e com Bruno Duarte em “Dentro do Abraço” (2016). Como criadora destaca as peças “Edictum”, desenvolvida em cocriação com Inês Costa e, interpretada por ambas, sendo apresentada em residência artística no RA100 Arroios, em 2020; “Unfold 0.1” peça na qual foi criadora e intérprete, inaugurando assim a exposição Ver de Fazer (2019); e “Viagem”, apresentada na 25.ª Quinzena de Dança de Almada, onde foi intérprete e cocriadora ao lado de Mariana Dias (2017). Atualmente desenvolve “TAMBÉM é tEU”, em co-criação com Rafael Pinto e Catarina Marques, contando o projeto com o apoio da ESD e dos Estúdios Victor Córdon. Como professora, leciona a disciplina de Improvisação na Ca.DA Escola, desde 2020, e de Estúdio Coreográfico, desde 2021.

 

 

foto carla_albuquerque

Carla Albuquerque

Estuda dança clássica desde os sete anos. Teve formação clássica com os professores Michèle Destréez, Patrick Hurde, Ruth Silk e Mark de Graef. Mais tarde, estudou dança moderna, jazz, sapateado e dança contemporânea. Fez vários cursos de formação complementar em dança, como o Estágio Internacional de Dança de Lisboa, 14º Estágio da professora Barbara Fewster em Inglaterra, no Stage-Danse Monpellier, Master's Class em França, entre outros. Em 2002 concluiu a Licenciatura em Dança - Ramo de Educação, na Escola Superior de Dança. Desde então deu aulas de Dança Clássica, Dança Criativa e Música e Movimento para bebés em várias escolas, tendo desempenhado o cargo de Diretora Pedagógica na Academia de Dança de Lisboa, entre 2003 e 2005. Participou em vários cursos e seminários dedicados ao ensino da dança em idade pré-escolar e escolar entre os quais o Estágio Pedagógico dirigido pelo professor Alain Davesne, presidente da Association Française des Maîtres de Dance Classique, Movimento Improvisação e Ritmo do professor Edwin Gordon e A Dança no Ensino Obrigatório, orientado pelo prof Maurizio Padovan, entre outros. Desde 2005 que colabora com a Companhia de Dança de Almada, tendo coreografado, interpretado e coproduzido em parceria com M. J. Mirco e M. J. Bernardino os bailados “O Sonho da Princesa Clarice”, “A Floresta” e “A Cidade que era Cinzenta”. Desde 2005 é professora e coordenadora da Ca.DA Escola, da Companhia de Dança de Almada, desenvolvendo um trabalho de apoio a jovens criadores e incentivando os alunos a explorar e a desenvolver as dimensões criativa e estética, que considera tão importantes como a aprendizagem técnica. Em 2016 colaborou com a Associação de Professores de Educação Músical (APEM), na elaboração de tutoriais de movimento para o projeto Cantar Mais.

 

 

Ines Coimbra

Inês Coimbra

É mestranda em Ensino em Dança e licenciada em Dança (2019) pela Escola Superior de Dança, de Lisboa. Iniciou o percurso na dança aos 6 anos, com Dança Clássica, e em 2010 ingressou no Curso Vocacional da escola da Companhia de Dança de Almada, Ca.DA Escola, o qual concluiu em 2018. No âmbito da licenciatura, trabalhou com Barbara Griggi, Sylvia Rijmer, Amélia Bentes, Vitor Garcia, Catarina Câmara, Francisco Pedro, Cristina Graça, Maria Ramos, e Jácome Filipe, Madalena Xavier, entre outros; ingressou no programa Erasmus+ na University of Chichester; participou no projeto "Compota à solta", com Paula Pinto (2018); e no projeto "A Filha do Tambor-Mor", no Teatro São Luiz (2019). Iniciou o percurso profissional no mesmo ano, com estágio da Companhia de Dança de Almada, no qual trabalhou com o coreógrafo Bruno Duarte nas peças "Fobos" e "Inverno". Atualmente, leciona Técnica de Dança Contemporânea e Expressão Criativa na Ca.DA Escola.
   
foto MARIA_FRANCO

Maria Franco

Natural de Almada, iniciou a sua formação em dança espanhola com Célia Neves. Em 1975 frequentou a Escola de Bailado da Fundação Calouste Gulbenkian. Em 1979 concluiu o curso do Conservatório Nacional. Foi bolseira da Secretaria de Estado da Cultura, em 1986, nos Estados Unidos. Participou em diversos workshops de Dança Contemporânea, Jazz, Composição e Improvisação em Portugal e no estrangeiro, donde destaca de entre outros, o trabalho com Stephan Petronio, Carolyn Carlson, Malou Airaud, Zeca Nunes (ACARTE), Peter Gross, Joseph Russillono, Richard Levi, Michele Kadison, Joe Canteri, Jennifer Muller, Lenny Williams. Frequentou os seminários para professores promovidos pela Escola Superior de Dança, com Barbara Fewster, Diretora do Royal Ballet School, onde obteve os diplomas do 1º ao 8º curso (O.B.E. - F.I.S.T.D). Tem o diploma da Imperial Classical Ballet School. Foi bailarina do Grupo Experimental de Dança Jazz e da Companhia de Dança de Lisboa. De 1976 a 1998 leccionou na Academia Almadense, em Almada, onde formou e impulsionou a carreira artístico-profissional de numerosos jovens, com a criação do Grupo de Dança de Almada em 1990, atualmente Companhia de Dança de Almada. Fez parte do corpo docente do Estúdio Escola de Dança Clássica Anna Mascolo (1981-1983). Leccionou e assumiu a direção dos cursos de formação profissional na Companhia de Dança de Lisboa (1986-1988). Fez parte do corpo docente do Ginásio Clube Português, onde dirigiu a classe de representação de Dança Jazz (1984-2013). Desde 1990 que organiza diversas ações de formação, estágios, ateliers e workshops para crianças, jovens e adultos. Em 1998 fundou a escola da Companhia de Dança de Almada, atual Ca.DA Escola, da qual é diretora e professora.

 

 

ze bernardino-01

Maria José Bernardino

Nasceu em Almada em 1971. Em 1983 iniciou a sua formação em Dança na Academia Almadense com as professoras Teresa Resende e Maria Franco. Em 1985 integrou os cursos de formação profissional na escola de dança da Companhia de Dança de Lisboa. De 1990 a 1999 foi bailarina na Companhia de Dança de Almada, onde destaca o trabalho com Clara Andermatt, Amélia Bentes, Jordi Cortés Molina e Peter Michael Dietz. Frequentou o curso de iniciação Teatral em 1994 e foi intérprete e cocriadora de todas as peças de Maria João Garcia até 1998. Como bailarina independente fez parte dos trabalhos de Yolanda Alves "Dança com Lorca" e do projeto "Empty Box" juntamente com Cláudia Dias e Maria João Garcia. Foi bailarina da Associação Cultural Ninho de Víboras. Desde 1999 que leciona Dança Criativa, Clássica e Contemporânea na Ca.DA Escola, da Companhia de Dança de Almada.

   
Raquel Tavares

Raquel Tavares

Natural de Lisboa, é mestranda em Ensino de Dança integrado e licenciada em Criação / Interpretação (2010/13) pela Escola Superior de Dança. Iniciou o seu percurso em Dança Clássica quando tinha 7 anos, realizando vários níveis do método Royal Academy of Dance. De 2013 a 2015 realizou a formação Olga Roriz - Dança/Teatro, onde teve contacto com Olga Roriz, Sylvia Rijmer, Magalie Lanriot, Catarina Câmara, Paulo Reis, Marta Lobato, Maria Cerveira, entre outros. Simultaneamente, frequentou o projeto Quorum, onde dançou peças de Daniel Cardoso, São Castro, Inês Godinho, Jácome Filipe, e realizou aulas técnicas com Cláudia Sampaio e Margarida Belo Costa. Em 2015 apresentou o solo "Campo Estreito. Minado de Sombras", na BlackBox do CCB e em 2016, na 24.ª Quinzena de Dança de Almada. Ainda em 2015, trabalhou com Benvindo Fonseca, realizando um excerto da peça "Edzer". Em 2016, estagiou e deu aulas de repertório na Companhia Olga Roriz, durante a criação "Antes Que Matem Os Elefantes". No mesmo ano, integrou o projeto Contraste, da Associação Poveira Nós da Dança, onde dançou coreografias de Benvindo da Fonseca e de Gonçalo Lobato. Desde 2017 que é bailarina na Companhia de Dança de Almada, onde dançou peças de Bruno Duarte, Luís Marrafa, Margarida Belo Costa, Luís Malaquias e Julia Ehrstrand, Martxel Rodriguez e Jon López, tendo participado nas digressões nacionais e internacionais. Enquanto professora, iniciou o seu percurso em 2013, dando aulas em várias escolas de dança clássica, dança contemporânea, dança criativa, composição coreográfica e de repertório na Companhia Olga Roriz (2016). É professora na Ca.DA Escola desde 2020.

 

 

foto rita_judas

Rita Judas

É formada pela Escola de Dança do Conservatório Nacional e pela Escola Superior de Dança. Iniciou a sua carreira como bailarina na UPE Dança em 1987, com o coreógrafo Vasco Wallenkamp. Foi bailarina e coreógrafa da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo (1998-2007), tendo sido responsável pelos programas pedagógicos da companhia de 2001 a 2006. Como bailarina e co-coreógrafa, participou no projecto da Companhia CIM (Companhia Integrada Multidisciplinar), em colaboração com a Associação VO'Arte e a Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral. Participou no projecto BY- PASS (workshop de Arquitectura em Diálogo com o corpo em movimento) sob a orientação de Rui Horta, em Portugal e na Alemanha. Foi formadora de Movimento Criativo e Dança Contemporânea, no projecto de criação do Centro de Experimentação Artística do Vale da Amoreira. É atualmente formadora no Centro Juvenil do Monte da Caparica e professora em escolas básicas e de dança.

   
foto Susana Rosendo 450x450

Susana Rosendo

Nasceu em 1980 e iniciou a sua formação em dança com o método Royal. Frequentou a escola do Conservatório Nacional e foi aluna da professora Maria Franco. Licenciada em Educação da Infância, trabalhou em diferentes infantários, tendo sido orientadora de estágios. Na Companhia de Dança de Almada participou em vários projetos artísticos como intérprete, formadora e como orientadora de ateliers de expressão corporal para crianças. Como formação complementar salienta, monitora de colónias de férias, animadora de festas e eventos, tendo desenvolvido variados projetos com diversas entidades, Zarabatana, Praznik, entre outros. Também recebeu formação no método ABA, tendo trabalhado com crianças dentro do espectro do autismo. Atualmente leciona aulas de dança na Ca.DA Escola, a crianças, jovens e seniores. Em 2017, com Ângela Ribeiro, cria EmbalArte, grupo de teatro para bebés e 1ª infância, com a peça “De Lés a Lés Saberás Quem És”.

Contactos

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

2800-163 Almada, Portugal

Tel: +351 212 583 175

E-mail: geral(@)cdanca-almada.pt

Ca.DA Escola

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

2800-163 Almada, Portugal

Tel: +351 212 500 145

E-mail: escola(@)cdanca-almada.pt

Seg. a Sex., 16:00 às 20:00

Quinzena de Dança de Almada International Dance Festival

E-mail: quinzena(@)cdanca-almada.pt

Financiamento

REPUBLICA PORTUGUESA CULTURA branco

dgartes horizontal PB cinza fundos escuros